Arte do designer gráfico tocantinense Léo Nunes
- Publicidade -

Uma imobiliária e uma rede de supermercados de Curitiba anunciaram que vão deixar de anunciar nas emissoras da Rede Globo de Televisão, em protesto contra a cobertura jornalística da empresa sobre o governo Jair Bolsonaro (PSL).

A Habitec Imóveis e os supermercados Condor divulgaram notas em que justificam o boicote à Globo, alegando não concordarem com a linha editorial adotada pelos programas jornalísticos da emissora em relação ao atual governo.

No Tocantins quem pode seguir o mesmo rumo é a gigante Havan, cujo dono, Luciano Hang, é um dos principais apoiadores de Bolsonaro.

“Em vista do posicionamento duvidoso da Rede Globo em relação à pessoa do nosso Presidente da República, comunico que hoje tomamos a decisão em nossa empresa de cancelar nossas inserções em todo o jornalismo nacional da emissora, isto é, Bom Dia Brasil, Jornal Hoje e Jornal Nacional, bem como de programas que vão contra os princípios e valores familiares”, afirma a nota da direção do Condor.