- Publicidade -

Passada a 1º edição do Festival Gastronômico de Miracema do Tocantins (GASTROMIRA)   percebemos que o evento  chancelou a potencialidade turística do município, principalmente no que diz respeito à sua pluralidade e aprovação popular. A cidade apresenta um potencial turístico plural, pois nela encontramos ao mesmo tempo, riquezas naturais (geoturismo) e riquezas culturais (patrimônio imaterial).

A realização do 1º Festival Gastronômico coincide com os últimos tempos, onde existe uma pauta em torno do potencial turístico do município, e de como entre médio e longo prazo Miracema poderá se tornar uma referência regional nesta cadeia produtiva.  Neste aspecto, existe uma linha paradoxal que liga a efetivação de políticas públicas do setor na cidade e a participação popular, pois o protagonismo de uma política pública em determinado local depende na maioria das vezes da forma como aquela comunidade se enxerga, ou seja, qual a identidade que o município carrega consigo.

O antropólogo e professor emérito da Universidade da Califórnia, David Guss, assim dispõe sobre o patrimônio imaterial e identidade no artigo The Festive State: Race, Ethnicity, and Nationalism as Cultural Performance: “Ao associar patrimônio imaterial e identidade, o intuito é o de pensar os processos de patrimonialização do imaterial como contextos geradores de ações políticas nas quais múltiplas identidades são construídas, rejeitadas e disputadas”. Dentro desta ótica o Festival Gastronômico de Miracema (GASTROMIRA) é um caso privilegiado para refletirmos sobre tais dinâmicas, já que o mesmo estabelece um padrão, diga-se de passagem, alto padrão em torno da exposição do patrimônio imaterial da região.

Percebemos que o festival foi um momento dedicado à construção de uma identidade regional mais alargada e oficial sobre o potencial turístico do município, ao mesmo tempo em que são afirmados e celebrados vínculos mais específicos, como à efetivação de políticas públicas pautadas no turismo e desenvolvimento regional. O economista Mário Jaime Gomes de Lima fala sobre isso no artigo “Tipologia de Políticas Públicas Como Instrumento de Gestão Execução, Coordenação e Avaliação do Desenvolvimento Regional: Uma Aplicação para o Rio Grande do Sul”:

____

O desenvolvimento regional depende da própria qualidade da governança territorial e dos níveis de capital social e de confiança existentes numa dada região ou território. A participação possibilita a governança e conseqüentemente o fortalecimento institucional e normativo de geração de Políticas Públicas de Desenvolvimento Regional, em que o resultado da participação amplia os níveis de capital social das regiões e vice-versa, fazendo com que tanto o processo de geração como a execução das Políticas Públicas de Desenvolvimento Regional sejam eficientes no longo prazo.

____

Importante ressaltar que o sucesso deste festival e de qualquer outro depende muito de ações que envolvem planejamento, gestão, infra-estrutura e parcerias, pois é a partir desta base que pessoas ligadas de maneira direta ou indireta irão se beneficiar com o mesmo. No caso específico da 1º Edição do Festival Gastronômico de Miracema do Tocantins (GASTROMIRA), observa-se que houve uma junção entre gestão e parcerias, tais como Poder Público e suas ramificações, SEBRAE e Faculdade UNICESUMAR.

O resultado positivo depende muito de como os atores sociais envolvidos processam as informações e expõem suas percepções antes, durante e após o evento. Neste aspecto, é possível notar certa positividade em torno do GASTROMIRA, principalmente entre os fatores de auto-estima da população e fortalecimento da cultura local.

Cabe uma política de continuidade entre o Poder Público, iniciativa privada e colaboradores da área turística ao mesmo tempo em que os mesmos sejam cientes acerca da responsabilidade sobre o fortalecimento de uma identidade turística capaz de criar uma relação equilibrada entre a economia local e as potencialidades turísticas do município.

___________________________

Iara Carolina

É graduada em direito e professora universitária de cursos de graduação e pós-graduação. Possui Mestrado em Economia. Atualmente exerce a função de Assessora Jurídica na Prefeitura Municipal de Miracema do Tocantins-TO.